Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

00-madrugada
No comando: Madrugada 103

Das 01:00 às 04:59

01-sertaenjo-bom-demais
No comando: Sertanejo Bom Demais

Das 05:00 às 07:59

12-domingao
No comando: Domingão Sertanejo

Das 05:00 às 21:59

08-sabadaco
No comando: Sábadaço 1° Edição

Das 08:00 às 10:59

02-bom-dia
No comando: Alô Bom Dia

Das 08:00 às 11:59

07-expresso
No comando: Programa Expresso

Das 11:00 às 13:59

03-ta-ligado
No comando: Tá Ligado!

Das 12:00 às 15:59

08-sabadaco
No comando: Sábadaço 2° Edição

Das 14:00 às 15:59

04-show-da-tarde
No comando: Show da Tarde

Das 16:00 às 17:59

15-mensagem-de-fe
No comando: Mensagem de Fé

Das 18:00 às 18:10

05-sertanejao
No comando: Sertanejão 103

Das 18:10 às 18:59

a_voz_do_brasil_logo-svg
No comando: A voz do Brasil

Das 19:00 às 19:59

09-parada
No comando: Parada 103

Das 20:00 às 20:59

06-birds-night
No comando: Birds Night

Das 20:00 às 22:59

10-planet-parede
No comando: Planet Parede

Das 21:00 às 21:59

11-classe-a
No comando: Classe A

Das 22:00 às 22:59

00-programacao
No comando: Programação Musical

Das 22:00 às 23:59

13-flash-night
No comando: Flash Night

Das 23:00 às 23:59

14-programa-luis-alberto
No comando: Programa Luis Alberto

Das 23:00 às 23:59

Brasil já registrou 2.044 casos de sarampo; quase 8 mil estão sendo investigados

Compartilhe:
sarampo-1

O Ministério da Saúde atualizou os números sobre o sarampo no Brasil.

De acordo com o órgão, o país registrou dois mil e 44 casos da doença até a última segunda-feira, dia 8 de outubro.

A maioria deles no Amazonas, que tem mil 629 casos confirmados. Há alguns meses, o Amazonas enfrenta um surto da doença.

Outro estado que está em surto é Roraima, com 330 casos confirmados;

Também há registro de sarampo em outros sete estados da federação. O Ministério trata como isolados 3 casos registrados em São Paulo, 36 no Rio Grande do Sul; 18 no Rio de Janeiro, 2 em Rondônia e 17 no Pará. Sergipe e Pernambuco têm 4 casos cada e o Distrito Federal, 1.

O Ministério da Saúde revelou também que um total de 7 mil 966 registros estão sendo investigados.

A pasta afirma que todos os casos registrados no Brasil estão relacionados à importação. O genótipo do vírus que está circulando aqui é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto de sarampo desde 2017.

O sarampo é transmitido de modo semelhante à gripe: de pessoa pra pessoa, por meio de tosse e secreções.

Por isso, é fundamental estar protegido. Pessoas de todas as idades podem tomar a vacina.

O Ministério da Saúde oferece a proteção contra o sarampo na rede pública para pessoas até 49 anos de idade.

Entre 1 ano e 29 anos, são duas doses; e para quem tem entre 30 e 49 anos, uma

Quem tem mais de 50 anos pode tomar a vacina na rede particular.

 

Fonte: rádio 2

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook